Aplicativo agiliza contratação de serviços de reparos domésticos

Aplicativo agiliza contratação de serviços de reparos domésticos

Foto: David Siglin/Unsplash

(Por Paola Carvalho*) – O aplicativo Fix, que ajuda a contratar profissionais para reparos no dia a dia em casas ou escritórios, começa a sua expansão nacional por Belo Horizonte e Rio de Janeiro. Em São Paulo registrou mais de 3 mil serviços e ficou em segundo lugar no ranking do movimento 100 Open Startups na categoria marketplace. Os clientes fotografam o problema, recebem orçamentos, escolhem o profissional, agendam o conserto, pagam e qualificam o serviço prestado, que é realizado por especialistas certificados.

“Desenvolvemos o Fix para oferecer conforto, praticidade, segurança e bons preços, utilizando o conceito de on demand na manutenção doméstica. Com esse modelo, conquistamos 98% de satisfação dos clientes atendidos”, afirma Eduardo Quadrado, CEO e cofundador do Fix.

Para fazer parte da comunidade os prestadores de serviço não pagam taxa mensal, e sim por trabalho realizado. Segundo os fundadores, manter a qualidade do serviço é fundamental para o sucesso do negócio. Por este motivo, os profissionais interessados em se cadastrar no app passam por uma prova técnica, que foi desenvolvida em parceria com o Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial).

Disponível para Android e iOS, o aplicativo tem usabilidade simples e intuitiva. Após o cadastro prévio, o usuário abre um chamado, explica qual é o problema a ser resolvido e tira uma foto ou filma o que deve ser consertado, utilizando o próprio app. A solicitação é enviada aos especialistas cadastrados no Fix, que retornam com seus orçamentos via app. A partir daí, o cliente escolhe a proposta que mais lhe agrada, de acordo com o valor, o prazo para realização, a localização do especialista e até mesmo como está rankeado no app, a partir de notas dadas por outros usuários. O pagamento do serviço é realizado via cartão de crédito após a contratação do serviço, mas efetivado depois da conclusão e confirmação de quem contratou.

*Conteúdo da coluna Fora da Caixa, veiculado todo sábado na edição impressa do jornal Estado de Minas. Confira também os canais de vídeopodcast e instagram.

Leia mais
Não seja um; seja polímata. Sabe o que é?
Curso: Newspaper × Hyperlinks: técnicas de jornalismo para construir um texto
Nova economia e inovação no jornal Estado de Minas
Malala: “Educação é o melhor investimento a longo prazo”

Compartilhar

X