Tradição e inovação - Blank Space

Tradição e inovação

“Como eu não pensei nisso”. Essa frase expressa a surpresa de dirigentes de grandes empresas ao constatarem que outra empresa, provavelmente uma não concorrente e bem mais nova no mercado, descobriu uma solução que poderia ter garantido a evolução exponencial de seus próprios negócios. Poderíamos imaginar, por exemplo, que a Kodak, reconhecida mundialmente no mercado de fotografias, lançaria o Instagram, a maior rede social de compartilhamento de fotos. Mas não. E também não é um exceção. As revoluções estão cada vez mais aceleradas, o que exige uma agilidade muitas vezes distante da realidade de empreendimentos tradicionais. É aqui que entra uma palavra mágica: inovação. E ela é acompanhada de outra expressão: startups (uma forma temporária de organização em busca de um modelo de negócio escalável, operando em ambiente de incerteza).

Neste contexto, a Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg) criou o Fiemg Lab, que abraça novos negócios de impacto e viabiliza a aceleração deles, uma forma de fazer uma ponte entre a indústria e as startups. O Fiemg Lab, em parceria com a siderúrgica Gerdau, realizou o Corporate Startup Summit 2017, que deixou evidente que as startups são oportunidades e não ameaça. Entre os presentes, estavam Rubens Menin, presidente do Conselho de Administração da MRV Engenharia, Alberto Campos, diretor daLocaliza, Emir Cadar Filho, presidente do Sindicato da Indústria da Construção Pesada (Sicepot-MG), Alexandre Flores, superintendente da Unimed-BH. Entre eles um pensamento parecia ser unânime. Sim, as empresas precisam ter departamentos próprios para o desenvolvimento de tecnologias. E, ao mesmo tempo, é de extrema importância buscar soluções alcançadas por startups.

Executivos antenados, que passaram pela experiência de fazer negócios com startups, mais do que produtos encontraram um novo mindset, ou seja, uma nova mentalidade em relação à vida, um ambiente de cooperação que impacta no ânimo de todo o ecossistema. Em meio a um país que atravessa uma crise política que derruba números, o sentimento ali era de otimismo. “Não podemos perder o trem da história. Grandes empresas, e todos desse ecossistema, devem fazer um pacto de cooperação. Está nas nossas mãos ganhar essa guerra”, disse Menin. Veja abaixo outras frases de destaque no Corporate Startup Summit, evento que passará a acontecer anualmente.

 

Fábio Veras, superintendente de desenvolvimento de novos negócios da Fiemg e gestor do Fiemg Lab. Crédito: Sebastião Jacinto

 

“A luz elétrica não veio de uma melhoria contínua das velas. Parece óbvio, mas as pessoas querem continuar fazendo um pouquinho melhor, achando que vão chegar a um lugar. Não vão. Startup é igual a um crescimento acelerado. E se ela não cresce rápido, também estará fora do jogo. Não é qualquer um, com uma boa ideia, que é uma startup.”
Fábio Veras (foto acima), superintendente de desenvolvimento de novos negócios da Fiemg e gestor do Fiemg Lab, que reúne cerca de 100 startups

“Primeiro, a empresa tem que entender como vai se preparar para se relacionar com uma startup, pois elas não são fornecedores com modelos que estamos acostumados. É preciso porque acredito que a inovação está fora das empresas.”
Rafael Oliveira, da Gerdau, que se relaciona hoje com 15 startups

“A inovação que podemos pegar na frente dos outros pode ser a diferença de estar vivo ou não daqui a cinco anos. Queremos não só pegar o que está pronto, como levar demandas para o ecossistema. Produtividade é tudo e as soluções provavelmente não virão de dentro das empresas.”
Emir Cadar Filho, presidente do Sicepot, que representa cerca de 300 empresas do setor

“A Unimed vem com programas voltados para inovação desde 2014, treinando lideranças há três anos, e ontem lançamos o LinkOne (www.www.acoesunimedbh.com.br/linkone), com o objetivo de encontrar startups em nível mais avançado. Nesta primeira rodada estamos de olho em soluções nas áreas de gestão de negócios e talentos, jurídica e tecnologia da informação.”
Alexandre Flores, superintendente da Unimed (foto abaixo)

 

Compartilhar

X